Analytics e a importância dos dados

Nos últimos anos vimos crescer o uso de termos ligados a dados: Analytics, Big Data, Data Science, entre outros. Mesmo no meio jurídico, tornou-se mais comum o uso de dados para análises.

A prática, por outro lado, mostra que o uso avançado de Data Analytics em escritórios e Departamentos Jurídico ainda não é recorrente.

Esse cenário está se transformando cada vez mais e profissionais que não percebem a importância de uma prática data driven ficarão desatualizados. 

A boa notícia é que já há um mercado tecnológico especializado na gestão jurídica e preparado para atender a escritórios e Jurídicos que desejem se manter relevantes e estratégicos.

Resultados do Data Analytics

Muito mais do que relatórios e gráficos, a coleta de dados e uso de Data Analytics fornece respostas para os mais diversos questionamentos que possam conduzir as decisões da empresa.

O Jurídico passa a centralizar informações estratégicas e pode entregar muito mais resultados.

Veja alguns dos resultados esperados ao se usar Data Analytics.

Aumento da velocidade

Uma gestão feita com base em dados torna todos os processos internos do setor jurídico muito mais rápidos.

Se antes era preciso criar sistemas internamente para então alimentá-los com dados e tentar extrair as informações, hoje é possível contar com soluções que tornam todo o processo muito mais rápido e seguro.

O ganho na velocidade é potencializado ainda pelo fato de que a equipe de advogados pode focar em trabalhos que sejam jurídicos, contando com data analytics como uma ferramenta para conduzir estratégias.

Diminuição de erros

Contar com informações lastradas em dados é uma quebra de paradigma gigantesca na advocacia.

Se antes o setor era visto como incerto, pois todo o trabalho sempre dependia de entendimentos judiciais e posicionamentos variados, hoje é possível apontar com mais precisão chances de êxito, caminhos mais seguros e valores esperados.

Além disso, o grau de precisão e segurança das análises resulta em insights e torna-se em uma gestão efetiva.

O uso de data analytics permite, então, que taxas de erro sejam diminuídas e que a operação como um todo se torne muito mais segura.

Experiência de consumo

Considerando que o Departamento Jurídico atende clientes internos na companhia, tendo que apresentar informações e orientações a outros setores, podemos dizer que, via de regra, a “experiência de consumo” proporcionada pelo Jurídico não é das melhores.

Ao usar dados estatísticos bem elaborados e com linguagem adequada, traduzindo a informação jurídica, advogados melhoram seu relacionamento interno e a posição estratégica do setor passa a ser percebida pelos resultados apresentados.

Gestão de custos

O uso de dados encontra ainda mais destaque ao falarmos de gestão de custos.

Com data analytics é possível ser muito mais eficiente na escolha pelo uso ou não de seguros garantia, contratações, políticas de acordos judiciais ou extrajudiciais, e parcelamento em execuções, para citar apenas alguns exemplos.

O uso de dados é o presente

Ainda é comum ouvir que o uso de Data Analytics é o futuro da advocacia. Porém, essa ideia é equivocada.

O uso de dados é o presente. Não existe possibilidade de expandir e evoluir na atuação jurídica empresarial sem o uso de análise de dados de forma profissional e apta a responder questões do dia a dia jurídico.

É nisso que acreditamos e é o que fazemos na EHTS.

Trabalhamos com alta tecnologia e inteligência jurídica para responder a questões que tenham o poder de potencializar os resultados do seu negócio, com uma gestão simples e métricas objetivas.

Para entender melhor como entregamos soluções de Analytics e estratégias de gestão, entre em contato com nossa equipe AQUI.

Leave a comment