Jurimetria: O que é e como ela pode transformar o Jurídico.

Diante de perguntas como quanto tempo durará o processo ou quais as chances de sucesso em uma ação, a resposta padrão de muitos advogados é o famoso “depende”. Porém, com o acesso à Jurimetria, essa resposta ficará cada vez mais rara.

Os fatores que levam a cada resultado possível, que antes pareciam totalmente desconhecidos para que se pudesse apontar uma resposta mais certeira, hoje estão à disposição.

Com o processo eletrônico e o advento de novas tecnologias é possível apontar os melhores caminhos e prever os resultados mais prováveis de demandas judiciais.

O uso da jurimetria é o Direito 4.0 atendendo às necessidades do cliente e colocando o Jurídico em posição central e estratégica nas tomadas de decisões de qualquer empresa. 

O que é jurimetria

A definição mais comum de jurimetria é o estudo de dados estatísticos para embasar decisões na área jurídica. Mas podemos ir além nessa definição.

A jurimetria possibilita a organização de um grande volume de informações relevantes para que se possa enxergar padrões em ações ajuizadas contra determinada empresa, em decisões judiciais, no resultado de ações, ou qualquer outro critério que se mostre relevante.

E esse processo de trazer à tona padrões e tendências, antes escondidos em um grande volume de informações aparentemente desconectadas, torna mais informadas, racionais e estratégias as decisões tomadas pela empresa.

Isso porque, via de regra, há pressupostos errôneos quando se olha para o todo sem jurimetria. Ideias equivocadas sobre a personalidade ou posicionamento de determinado juiz ou a efetiva prejudicialidade de certos tipos de ação recorrente, são exemplos.

Um trabalho bem realizado de levantamento e organização de informações estratégicas garante uma nova visão aos tomadores de decisão, saindo de ideias abstratas e focando na realidade dos fatos, cujos dados não escondem.

Como a jurimetria pode revolucionar seus resultados

Entender padrões de comportamento em processos garante que o Jurídico possa trabalhar de forma estratégica no apontamento do que precisa ser ajustado na companhia, lidando com a fonte dos problemas e do passivo.

Entendendo melhor as tendências de decisões judiciais a respeito de cada tema, é possível ainda ajustar as estratégias de defesa, focando mais no tipo de prova que determinado juiz costuma valorizar mais, por exemplo. 

Ou seja, o trabalho com jurimetria bem feito resulta em informações extremamente práticas e focadas em resultados efetivos para os problemas reais e individuais daquele cliente.

Com as informações trazidas por um trabalho de jurimetria, o Jurídico passa a ser detentor de dados estratégicos, assumindo papel central na tomada de decisões e não sendo mais injustamente visto como um “mal necessário”.

Vantagens do uso da jurimetria

Muitas vezes, especialmente em ações de massa, empresas optam por realizar acordos em praticamente todos os processos, visando reduzir custos. Ao longo do tempo, contudo, essa postura pode criar uma cultura nociva para a imagem e caixa da empresa – sem que se resolva o real problema.

Outra estratégia muito usada é deixar de recorrer para tornar o processo mais célere, muitas vezes optando por aceitar decisões que desfavorecem a empresa. Igualmente, essa estratégia não resolve o problema inicial, ou seja, o que dá origem aos processos.

Decisões como essas, em geral, são tomadas com base em dados insuficientes, desatualizados e até mesmo com uma boa dose de percepção pessoal dos envolvidos.

Porém, tendo acesso aos dados que a jurimetria pode fornecer, as opções para a empresa se tornam muito mais amplas, interessantes e efetivas.

Atuar na origem

Em primeiro lugar, passa a ser possível atuar na origem do problema.

O Jurídico torna-se detentor do conhecimento sobre quais procedimentos, setores ou comportamentos de gestores estão causando condenações ou mesmo onde está havendo falha na comunicação que esteja gerando novas ações judiciais.

Diante de tais informações, é possível gerenciar riscos com alterações nos procedimentos ou forma de atuar da empresa. 

Estancar a origem do problema é a forma mais barata e eficiente de resolver qualquer demanda judicial, porém só é possível quando se tem informações concretas e seguras para a tomada de decisão.

Novas estratégias processuais

Verdade seja dita, nem toda ação judicial poderá ser evitada. 

Contudo, mesmo em casos em que a empresa ainda seja acionada judicialmente, com a jurimetria o Jurídico interno, ou o escritório contratado para representar a empresa, passa a ter informações que lhe capacitem a estruturar estratégias de defesa mais efetivas

As decisões sobre as melhores teses e forma de condução saem do abstrato e passam a ser tomadas com base em padrões e tendências estabelecidas ao se analisar dados estatísticos.

Direito nunca será uma ciência exata

É importante ressaltar, por fim, que a jurimetria não torna o Direito uma ciência exata, nem irá substituir o papel humano na análise das informações.

Tão importante quanto o volume de informações é a qualidade delas, por isso nosso trabalho na EHTS é focado em estratégia jurídica.

As pessoas seguem tendo um papel central e a tecnologia é usada para acelerar todo o processo de organização e sistematização das informações, com possibilidades impensáveis até pouco tempo atrás.

A jurimetria feita por quem entende do assunto responde perguntas relevantes e embasa a tomada de decisões que gerem mudanças positivas na empresa, garantindo melhores resultados e procedimentos mais eficientes em todas as áreas.

Se você quer descobrir como a Jurimetria pode potencializar os resultados da sua empresa, entre em contato com nossa equipe AQUI. Ficaremos felizes em lhe mostrar nossos cases e possibilidades para seu negócio.

Leave a comment